Ultimas

29 abril 2014

29/04/2014 - (Resenha) Real, Louco, Mortal - Hannah Jayne

Titulo: Real, Louco, Mortal, Autora: Hannah Jayne Edição: 1, Editora: Companhia Editora Nacional, Ano: 2014, Páginas: 264. Skoob: AQUI


Sawyer Dodd sempre desperta inveja por onde passa: é uma excelente aluna, uma atleta dedicada e é a namorada de Kevin Anderson, o sonho de consumo de qualquer garota! Mas, quando Kevin morre num trágico acidente de carro, e ela encontra em seu armário um enigmático bilhete que contém apenas a inscrição "De nada", Sawyer vê seu mundo virar de cabeça para baixo.

Alguém sabe o que Kevin fazia com ela. Alguém sabe que eles não eram o casal perfeito que pareciam ser. E esse alguém é um assassino que está no encalço de Sawyer, acompanhando todos os seus movimentos... Mortes, intrigas, perseguições, em uma narrativa alucinante onde ninguém é o que parece ser!



Boa tarde galera!

Vamos mudar um pouco de cenário e embarcar em um suspense surpreendente com um enredo bem construído e personagens cheios de segredos?

Pois é, eu fugi da minha zona de conforto e embarquei em uma jornada de descoberta, assassinatos e mistérios junto à jovem Sawyer Dodd, uma estudante do ensino médio que acabou de perder o namorado de uma forma suspeita e esta tentando continuar a vida da melhor maneira possível.

O livro narrado em terceira pessoa apresenta ao leitor que a vida desta jovem tem se complicado mais a cada dia. Sawyer Dodd sentiu um alivio quando seu namorado Kevin morreu em um acidente de carro, mesmo que o amasse muito e sentisse muita sua falta. (Louca! quem ia sentir falta de um menino daqueles), Kevin de nenhuma maneira era o menino perfeito que todos acham! O namoro dos dois era excelente (por aparência), mas havia um lado do namorado que somente Sawyer conhecia bem, e que a fazia temer os dias ao qual ele ficava nervoso.

A partir desta parte da história, eu não sabia se queria entrar no livro e bater na Sawyer (que não terminou com o patifi a primeira vez que ele bateu nela), ou se tentava entender seu lado, como entrar no texto não era possível, me conformei tentando sentir alguma compaixão por suas escolhas. 

A história e cheia de mistérios e focada no que acontece ao redor da Sawyer que a meu ver podia ter um pouco mais de atitude. As coisas só começam a piorar, e ela em vez de tomar uma decisão, pedir ajuda ou descobrir que raios era aquele assassino, fica olhando para os lados desconfiando de todo mundo e não faz nada para saber quem foi à pessoa que deixou um bilhete suspeito no seu armário um dia depois do velório de Kevin (que por sinal eu contaria a todo mundo e tentaria loucamente descobrir que foi a pessoa que fez uma piada tão sem graça comigo). 

Real, Louco, Mortal foi o primeiro livro da Companhia Editora Nacional que li e não poderia ter escolhido uma história melhor, pois o suspense, o clima de apreensão que reina desde o primeiro capítulo e prende o leitor em páginas bem escritas e um enredo brilhante, onde consegue descobrir quem era o assassino até o momento que a autora conta quem é a pessoa, e me pegou no susto porque eu jamais imaginaria.

Mesmo não sendo minha praia esse estilo de livro, Real, Louco, Mortal entrou para minha lista de livros surpreendentes, cheio de cenas marcantes e personagens bem construídos é um banquete. Para quem gosta de um bom suspense, eu recomendo a leitura do livro que na opinião desta blogueira ofereceu muito mais que sua sinopse prometia, pois o livro mostra que as aparências enganam e que as pessoas que você menos imagina podem realmente cometer atos impensáveis por causa de suas obsessões.

21 comentários:

  1. Não vou dizer que me interessei pelo livro de cara, pq a capa é horrível e o nome pior ainda, mas eu simplesmente amei sua resenha, preciso ler..

    ResponderExcluir
  2. Ganhei a pouco tempo e só tinha lido uma resenha dele, agora tenho certeza que gostarei.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabrica da uma chance você vai gostar.

      Excluir
  3. Não conhecia esse livro, mas gostei e me interessei por ele a partir da sua resenha. Gosto de suspense e acho que quando bem escrito é um dos melhores gêneros ^^

    ResponderExcluir
  4. Gostei da capa!
    Eu gosto bastante do gênero, se não for meu favorito :) Fiquei tensa pela resenha já, gosto de histórias com suspense, que prendem do início ao fim. Vou anotar essa dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah bom sabe que você gosta do gênero vou tentar mais dicas então neste estilo.

      Excluir
  5. gostei mto da resenha parecia q estava endo o livro ,achei q tem muitos misterios p/ se descobrir

    ResponderExcluir
  6. adoro livros de suspense, resenha maravilhosa.

    ResponderExcluir
  7. adorei , gosto de livros de suspense, mistério. uma resenha bem detalhada q dá uma vontade de ler o livro inteiro

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro livros assim, adoro misterios, , tbm sou fã de Agatha Christie... hahaha
    Eu nao tinha ouvido e nem visto nada sobre esse livro, agora ele ja esta na minha lista de desejados... *-*

    ResponderExcluir
  9. Fiquei aqui embasbacada. Como assim o namorado morreu e ela ainda sente alívio? Tá, tudo bem que ela conhece o lado mais obscuro do personagem, mas sei lá... Já fiquei suspeitando que foi ela quem assassinou hahaha.
    Sou fissurada por suspense, terror, mortes e afins... a história me encantou logo pelo nome, porque é diferente e intrigante. A capa não é aquela coca-cola toda. Mas quando chegamos na resenha, a vontade de ler só aumenta.
    Eu já li um livro dessa editora chamado O morto certo e confesso que gostei bastante, me surpreendi com a forma que o autor descreve os personagens e os traumas do menino.
    Quanto a essa obra, parece mais uma coisa de arrancar meus cabelos para saber porque a personagem é tão lesada e não desvenda logo o assassino, já que encontrou um bilhete tão comprometedor em seu guarda-roupa.
    Sei lá, fiquei no ápice aqui para ler o livro. Quando tiver a oportunidade de uma ótima promoção, comprarei para ler. Gosto da editora, embora suas capas não sejam tão aprimoradas, rs.
    M&N | Desbrava(dores) de livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flor confesso que a capa me desanimou um pouco, mas realmente e cheio de suspense, quem gosta desse gênero tem que dar uma chance por que o livro lhe prende do inicio ao fim.

      Excluir
  10. A-M-O suspenses assim, mas infelizmente faz um tempo que não leio um bom, esse parece ser bem interessante, o título é bem intrigante.
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

    ResponderExcluir
  11. Parece ser bem interessante! Gosto muito de livros cheios de mistério e suspense e este parece ser muito bom, o enredo me deixou curiosa para saber o que provocou realmente o acidente. Parece ser uma boa leitura, apesar de a personagem não ter muita atitude, como você comentou. :)
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Nunca tinha ouvido falar do livro =0 e Depois da sua resenha até que fiquei curiosa em conhecer um pouquinho do livro, mas essa história de violência contra mulher não me desce porque não me conformo assim como você da pessoa sofrere calada e deixar um FDP bater nela..como a personagem fez.. Mas adoro um mistério ;)

    ResponderExcluir

Obrigada pelos seu comentário, ele move nosso blog e nos faz muito contentes.

 
Copyright © 2014 Louca Escrivaninha
Traduzido Por: Louca Escrivaninha - Design by Le Pimenta