Ultimas

20 outubro 2013

(Resenha) Susan Fox - Wild Ride To Love 03 - De Repente, É Ele,


De Repente, É Ele

Titulo: De Repente, É Ele, Subtitulo: Wild Ride To Love, Autora: Susan Fox Edição: 1, Editora: Única, Ano: 2013, Páginas: 384.


Quando o destino cruza caminhos improváveis, como resistir? Jenna Fallon sempre foi uma mulher livre e decidida, que segue apenas uma única regra: ignorar regras. Então, quando seu carro quebra a caminho de Vancouver e ela é obrigada a pegar uma carona com um belo desconhecido, Jenna se encanta ao perceber que ambos possuem a mesma ideologia de vida: não se amarrar a ninguém... O biólogo Mark Chambers está sempre mudando de um local para outro – assim como nunca fica com uma única mulher. Quando ele e Jenna cruzam a costa do Pacífico acampando, mergulhando e fazendo o melhor e mais quente sexo de sua vida, Mark já não tem certeza se quer se despedir. Será que Jenna será corajosa o suficiente para encarar o desafio de ficar com o cara que pode ser perfeito para ela? De repente, é ele...


 O coração dele, até mesmo sua mente, dizia que sua amiga Adrienne tinha razão e que ele definitivamente estava se apaixonando. Ele carregava pouca experiência com emoções fortes, mas o que mais aquele sexo incrível poderia significar? Feromônios ou principais códigos complexos de histocompatibilidade não conseguiriam explicar uma ligação tão profunda, que ia muito além do plano meramente físico. Ele e Jenna não eram completamente compatíveis, mas os avós dele falavam sobre pares de bases e como um forte vínculo exigia que fossem complementares e diferentes. “238


De Repente, é Ele é o terceiro livro da serie Wild Ride To Love, da autora Suzan Fox e foi lançado pela editora Única. A série gira em torno das irmãs Fallon e como elas encontram o grande amor de suas vidas. Cada livro tem uma capa representando uma irmã em cores diferentes e bem sensuais.

Se você leu acima deve esta pensando que sou meio tantã e comecei a ler a serie pelo anti-penúltimo, mas aqui no Brasil ele foi o segundo livro a ser lançado pela Única que não seguiu a ordem da série, mas pelo o que perguntei  a editora,  ler os três primeiros livros fora de ordem não atrapalha em nada a leitura dos outros, mas o De Repente O Desejo, lançado recentemente é bom deixar pra ler por último. Aleluia né?

Eu peguei esse livro para ler, por que estava buscando uma baforada de ar fresco do mundo dos livros hot, ok, a história ainda tem mocinha conhece mocinho, e pronto se embora para cama que a química é boa. Mas, o diferencial é que o rapaz não é um ogro, nem deixa o passado difícil ditar quem ele deveria ser e a mocinha é aventureira, forte e decidida, sem perder seu lado inseguro ou meigo, só não os deixa comandarem sua vida.


“O sol a iluminava por trás, então ele não conseguia distinguir as feições dela, mas viu um reflexo deslumbrante de mechas platinadas, uma silhueta esguia e uma saia longa e solta, tão transparente que a luz do sol passava direto através dela e delineava as pernas longas. Todo o caminho até o ápice, onde a brisa esculpia o tecido contra as coxas dela e contra o doce triângulo entre elas.” Pg 10



Eu adorei a Jenna, me senti bastante conectada com ela, como se fôssemos duas melhores amigas que estavam a muito tempo distante. Ela é uma mulher de 29 anos que decidiu viver a vida de acordo com as seus ideais, mas sempre tentando ajudar ao próximo e respeitando o outro, tem um coração de ouro e é linda, e como  sabe que é,  usa isso ao seu favor. Aprende rápido tudo em que se envolve, e sempre esta de novo namorado, novo emprego, nova cidade, ela vive de acordo com o que chama a sua atenção, sem perder a alegria.

Durante a adolescência toda ela teve que tentar seguir o parâmetro de certo e errado dos seus pais e acabou se tornando a ovelha negra da família, aquela que vive para chocar, que não quer crescer e que sempre tem o  “eu te amo, mas....” ela não é rebelde só  cansou de tentar alcançar perspectivas que não eram possível para ela.


 “Mark atirou o resto mordido da maçã no mar, onde as ondas espumantes o pegaram. Fiz o mesmo, em um lançamento respeitável, mas não tão forte quanto o dele. Revigorada pela brisa refrescante, apertei a mão dele e o apressei pela trilha afora, enquanto curtia a força quente da mão dele na minha. Sensual e excitante de uma maneira gostosa e arrepiante, mas sem o impacto poderoso e perturbador daqueles beijos.” Pg 88


Mark é um cientista brilhante que descobriu sua vocação quando ainda era criança ao visitar o mar pela primeira vez, soube que era com o que queria trabalhar, até os nove anos ele foi criado em uma comunga com sua mãe, uma espécie de comunidade hippie, depois dessa época foi viver com seus avós por parte de mãe. No decorrer do livro você vai notar que o Mark tem bastante mágoas pelo tipo de criação que tinha enquanto vivia com a mãe, e  ele só se refere a ela como a Alice, e um imenso carinho pelos seus avós, mesmo eles não sendo muito carinhosos. Ele é muito analítico, tudo para ele tem que ter uma explicação científica, com o decorrer do livro você vai notando que mesmo esse lado dele não atrapalha seu charme.

São duas pessoas muito diferentes e que buscam vidas diferentes, então os conflitos existem, mas foram trabalhados de uma maneira adulta e divertida, sem aquilo não falo mais com você, ai vou embora que tem em muitos livros.
Os diálogos entre os dois tem certa horas que são tão divertidos que você se pega rindo e nem nota.
O que eu achei do livro? Estou mais que pronta para conhecer alguma outra irmã e já morrendo de saudades desses dois, o relacionamento deles e  tão aberto, simples e avassalador que conquista totalmente sua atenção.

 O Livro foi uma cortesia da Editora Única

ÚNICA Editora

14 comentários:

  1. Nossa, adorei a resenha, ainda não li o livro mas fiquei louca para ler! Olha eu até me emocionei na parte em que você fala que a Jenna era a ovelha negra da família, na minha eu tabém sou, mas eu não me importo u.u Esse livro realmente é muito bom, tiro isso só pela resenha, que está maravilhosa (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marg o livro e ótimo e da para emocionar nessa parte sim flor, me senti super conectada com a Jenna, participa da promoção que esta rolando aqui no Blog quem sabe você é a grande ganhadora.

      Excluir
  2. Nossa, adorei a resenha, ainda não li o livro mas fiquei louca para ler! Olha eu até me emocionei na parte em que você fala que a Jenna era a ovelha negra da família, na minha eu tabém sou, mas eu não me importo u.u Esse livro realmente é muito bom, tiro isso só pela resenha, que está maravilhosa (:

    ResponderExcluir
  3. Um romance bem interessante. Já estava pensando em ler, mas não tive oportunidade e não tinha certeza se me agradaria. Mais agora lendo a resenha e conhecendo a história, com certeza vou ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beth flor, Sim o romance deles é bem legal.

      Excluir
  4. Amei a resenha, amei a capa, agora só falta ler, rsrsrs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba fique feliz por ter gostado da resenha, fiz com todo o carinho.

      Excluir
  5. Pela resenha percebi que o livro é bem interessante, já li o primeiro da série e gostei bastante e quero ter a oportunidade de ler esse.

    ResponderExcluir
  6. Bom saber que gostou. Eu li o De repente, o amor e me apaixonei pelo Nev.

    Bjokas ;)

    ResponderExcluir
  7. Estou louca por essa série, uma amiga minha adquiriu e estou esperando ela ler pra poder devorar os três. E caso eu me apaixone como tanta gente tem se apaixonado eu compro. Bjokas

    ResponderExcluir
  8. O que chamou minha atenção nessa série foram as capas - lindas - e segundo saber que centrada em irmãs... eu amo série centradas em famílias! E a maioria das resenhas que á li são positivas... não há como não querer ler XD

    ResponderExcluir
  9. Poxa, que legal saber que essa série pode ser lida fora de ordem que não vai afetar a leitura! Seria tão bom que todas as séries fosse assim, eu não teria mais problemas em le-las! Adorei sua resenha, gostei de Mark e Jenna é tão bom saber que ela é uma mocinha segura de si e que não deixam comandar sua vida sem perder a feminilidade! Enfim, fiquei encantada com a resenha, e preciso ler essa série, urgente! :)

    ResponderExcluir
  10. Me interessei pelo livro depois de ler a resenha porque não aparenta ser aqueles romances chatos e que a gente encontra na maioria dos livros de hoje em dia. Espero que o livro realmente valha a pena, tô a procura de um assim há tempos... de repente, é ele! haha

    ResponderExcluir
  11. Adorei o que li na resenha, ficou perfeita.
    A capa é linda, tenho resistência a livros que tem continuação, pois nem sempre consigo ler os outros, mas pela informação não altera se eu não ler os outros, valeu a dica.
    Bjks de Pratinha

    ResponderExcluir

Obrigada pelos seu comentário, ele move nosso blog e nos faz muito contentes.

 
Copyright © 2014 Louca Escrivaninha
Traduzido Por: Louca Escrivaninha - Design by Le Pimenta