Ultimas

31 janeiro 2013

(Louca na Tela # 02) Fábulas Modernas

 Não sei vocês, mas minha estadia no jardim de infância foi adornada com as leituras realizadas pela professora ou até mesmo a teatralização de fábulas como “Branca de Neve”, “João e Maria” entre outros. Como a maioria das coisas ocorridos em nossa infância marcam pra sempre, ver os desenhos da Disney ou filmes antigos que visitam esses clássicos é (quase) sempre prazeroso.
Mas para quem não tem muita paciência para revirar o “baú das antigueiras”, Hollywood vem se fazendo presente (às vezes de forma insatisfatória) com a releitura da maioria dos contos infantis, apresentando uma “nova” versão desses contos. Historinhas sutis e de certo meigas como Chapeuzinho Vermelho e a Bela e a Fera (por exemplo) se tornaram – nessas versões – drama, terror e até suspense com ares de sensualidade, não recomendados para crianças.

Não há como não se empolgar com os efeitos especiais, a qualidade das filmagens e a trilha sonora de alguns desses filmes, porém vale ressaltar aos pais que essas versões estilizadas, não servem como “embaladores” de sono para as criancinhas.
Como eu já fiz dezoito anos (há alguns poucos anos – rs...), liguei pra “Tia da locadora” e perguntei quais filmes, nesse gênero estavam à disposição, mais do que depressa a perigosa respondeu: “Filhota acabei de receber de volta uns filmezinhos desse tipo – vou mandar o motoboy levar pra você”.
Sei que vocês devem estar pensando em quão solícita é essa senhora, e quão cômodo me foi receber os filmes em casa - eu até concordaria com vocês, se não fosse o fato dela ter acabado a frase e desligado o telefone na minha cara e ter me enviado oito filmes. Não são cinco ou sete são oooooito filmes...
Só não devolvi o pacote por três bons motivos: Um porque sou uma amante da sétima arte, praticamente uma cinéfila que precisa de tratamento psiquiátrico, o segundo porque o tal motoboy é um gaaaaattttooooo e o terceiro é que eu estava de pijama e descabelada quando o lindo chegou – fechei a porta na cara dele e gritei: “Deixa a sacolinha sobre a caixa de correio”...
Aff! Pois então, me desdobrei e consegui assistir todos os filminhos. Separei três para compartilhar com vocês tanto as informações que levantei, quanto minha opinião sobre essa “maratona fabular”.
**********   
>>> LIVRO E FILME: A Garota da capa vermelha <<<


Qual a história (Sinopse)? Idade Média. Valerie (Amanda Seyfried) é uma jovem que vive em um vilarejo aterrorizado por um lobisomem. Ela é apaixonada por Peter (Shiloh Fernandes), mas seus pais querem que se case com Henry (Max Irons), filho de uma família rica do local. Diante da situação, Valerie e Peter planejam fugir, mas veem seus planos irem por água abaixo quando a irmã mais velha de Valerie é assassinada pelo lobisomem que ronda a região. Adaptação moderna da clássica história Chapeuzinho Vermelho.
E o Filme? Intenso, cheio de suspense e meio terror, apresenta uma das faces da inquisição com a presença de um religioso envolvido na caça ao lobisomem. É bonito ver a posição da jovem quando tem que decidir em abandonar o amor ou aceita-lo como ele se apresenta.
Uma curiosidade > Foi lançado um livro com o mesmo título pela editora iD, mas ele foi escrito depois do filme e não revela o final da história, deixando o mistério para um capítulo extra lançado após a chegada do longa nos cinemas.
Porque ler e assistir? A história de Chapeuzinho Vermelho serve para ensinar as crianças a não conversar com estranhos e nem mesmo seguir suas orientações – muito valido para essa geração “rede social”. Já esse filme tem a classificação recomendada para 16 anos, devido as insinuações sexuais e as cena de tortura. O filme é bem feito e o lobisomem é realmente bem pensado – vale a pena assisti-lo.

>>> LIVRO E FILME: A Fera <<<


Qual a história (Sinopse)? Kyle (Alex Pettyfer) era um jovem bem sucedido e cobiçado pelas mulheres, e defendia que a aparência era tudo. Um dia, ao tentar humilhar Kendra (Mary-Kate Olsen), ela lhe lança um feitiço que o deixa com o rosto desfigurado. Envergonhado com o visual, ele se esconde e passa a viver isolado em um apartamento comprado pelo pai, tendo a companhia de sua empregada Zola (Lisa Gay Hamilton) e Will (Neil Patrick Harris), um professor cego contratado para lhe dar aulas particulares. A maldição tem o prazo de um ano, sendo que caso Kyle consiga fazer com que uma mulher consiga amá-lo pelo que ele é, não por sua aparência, ela será desfeita. Desiludido, Kyle volta a ter esperanças quando se aproxima de Lindy (Vanessa Hudgens), uma colega de colégio bem diferente das mulheres com quem conviveu até então.
E o Filme? Deixou um que de “podia ser melhor”, o ator Alex Pettyfer se esforçou e conseguiu chegar a 95% na atuação, já a atriz Vanessa Hudgens estava “crua” demais, para o papel em que a trama gira em torno do casal. A atriz Mary-Kate Olsen arrasou no papel da jovem bruxa e suas aparições foram marcantes. O filme apresentou a cara de uma juventude supérflua e vazia – como são muitos jovens hoje.  
Uma curiosidade > Baseado no livro "Beastly", de Alex Flinn, inspirado no clássico conto de fadas "A Bela e A Fera", escrito por Jeanne-Marie Leprince de Beaumont.
 Porque ler e assistir? A Bela e A Fera é um conto que busca quebrar o paradigma “só os belos devem ser amados”, além de apresentar a mocinha como uma intelectual – o que é ótimo. Recomendo o desenho da Disney que além de imagens lindas tem uma trilha sonora perfeita.  Já para esse filme tomo a liberdade de usar uma critica que li no Adoro Cinema - como argumento: “o que há de mais interessante em A Fera é o retrato de um momento em que a aparência é mais valorizada do que o conteúdo. Não se trata de mera desculpa encampada para justificar a adaptação, mas algo que se vê a todo instante nos meios de comunicação. Em plena era dos reality shows, a frase “gente bonita é que se dá bem” soa convincente. Os aplausos logo após o absurdo discurso de Kyle (Pettyfer), personificando a arrogância da ditadura da estética, refletem o público em geral, que consome produtos do tipo. Tudo atualíssimo e encaixado com a história de A Bela e a Fera. O problema é a virada”... “Com algumas situações frágeis ao tentar repetir a história que o inspirou, A Fera é um filme simplório que tenta se basear no carisma de seus protagonistas para esconder inconsistências de roteiro”.

>>> LIVRO E FILME: Branca de neve e o caçador <<<

Qual a história (Sinopse)? A jovem Branca de Neve (Kristen Stewart) é a única pessoa na Terra mais bonita do que a Rainha Má (Charlize Theron), personagem obcecada pela imortalidade, que insiste em não aceitar o envelhecimento e nutre pelos homens um ódio profundo. Ravenna domina reinos no melhor estilo viúva negra e não mede esforços para que sua crueldade massacre os bons corações. Porém, o que a rainha tirana nunca imaginou é que a jovem princesa que ameaça seu reinado vem treinando a arte da guerra com o Caçador (Chris Hemsworth), que foi enviado para matá-la.
E o Filme? Adrenalina então se prepare para ver boas cenas de ação, efeitos especiais de qualidade (as sequências dos corvos e guerreiros são inebriantes) e figurino caprichado (o guarda roupa da rainha merece destaque).
Uma curiosidade > Branca de Neve e o Caçador foi produzido ao mesmo tempo em que “Espelho, Espelho Meu”, que também traz a história da Branca de Neve.
Porque ler e assistir? O filme vale o tempo gasto para assisti-lo e deixa até um gosto de quero mais, a atuação da Charlize Theron (Rainha Má) e sua beleza são perfeitos. O ator Chris Hemsworth que faz o caçador é um deus de tão lindo (será por isso que ele estrelou o personagem Thor?), e não deixou a desejar em sua atuação, já a Kristen Stewart – pelo menos pra mim – sempre terá ares de Crepúsculo, então “prefiro não comentar”. A trama é bem desenrolada e a historia é estimulante – vale a pena assisti-lo.



6 comentários:

  1. Eu vi garota da capa vermelha e gostei!

    Aproveito para convidar você para uma promoção que tá rolando lá no blog.

    http://livroterapias.blogspot.com.br/2013/01/hi-leitores-vamos-mais-uma-promocao.html

    Beijos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oie Rizia, veja a Branca de neve e o Caçador - vale a pena!!!

      Vou visitar sseu blog e por favor me visite mais vezes... seus comentários são indispensáveis.

      bjins
      La Pimenta

      Excluir
  2. Oi flor,

    Como vai?

    Amei o seu blog!
    Parabéns!!!
    Ansiosa para as próximas postagens.
    Já estou fazendo parte deste cantinho tão encantador, faça-me uma visita ao meu blog e se gostar será um imenso prazer em te-lá em meu cantinho.
    http://melbernardo.blogspot.com

    Bjok@s e sucessos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será um prazer visitar seu blog e obrigada pelo carinho, esse cantinho é nosso... sem seus comentários ele não existiria.

      bjos

      Excluir
  3. Eu amo os filmes A Garota da Capa Vermelha e A Fera *--------*
    Estou doida para ver Branca de Neve e o Caçador *-*

    Gostei do post!

    AH! Tem dois selinhos pra você no meu blog!
    http://somundomeu.blogspot.com.br/

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Addoooooooooorrrrooooooo sselinhoss... obrigada!

      Recomendo que você veja a Branca de Neve e o Caçador, menina, o filme é otimo!!

      bjins

      Excluir

Obrigada pelos seu comentário, ele move nosso blog e nos faz muito contentes.

 
Copyright © 2014 Louca Escrivaninha
Traduzido Por: Louca Escrivaninha - Design by Le Pimenta